Comissões da OAB recebem procuradora federal para debater igualdade de gênero

Publicado 18 de março de 2017

As Comissões de Estudos sobre Violência de Gênero e de Diversidade Sexual da OAB Paraná receberam nesta sexta-feira (17) a procuradora federal dos Direitos do Cidadão, Deborah Duprat. O debate tratou da escola como espaço de discussão sobre igualdade de gênero e retomou a questão dos planos estadual e municipais de educação que, na avaliação das comissões, representaram um retrocesso.

Para a procuradora, a concepção de escola que se tem hoje não dá conta de cumprir os preceitos constitucionais. “O que a Constituição propõe é um ambiente onde prevalece o pluralismo de ideias. A escola deixa de ser um local de formação para o trabalho para ser um espaço de exercício de cidadania, um lugar de encontros e celebração das diferenças”, disse.

Além dos presidentes das comissões, Rafael Kirchhoff e Sandra Lia Bazzo Barwinski, participaram dos debates a advogada e professora Ana Carla Harmatiuk Matos, da UFPR, o procurador Olímpio de Sá Sotto Maior, a promotora Mariana Bazzo e o coordenador do Grupo Dignidade, Toni Reis.

Voltar